night e cia
InicialDestaquesTop20AgendaCasasEntretenimentoFotosRevistaBlogColunistasContato
COLUNISTA

André Huscher

JORNALISTA @oandrehuschergiga

Vai um kuki?

16.7.21      Fotos: DIVULGAÇÃO

A palavra cookie vem do alemão ''koekje'', que significa pequeno bolo. Ganhou esse nome porque era, naquele tempo, feita a partir da massa de um bolo e usada para testar a temperatura do forno antes de colocar o bolo inteiro para assar, minimizando os erros. Foram os britânicos que descobriram a bolachinha e acharam que combinaria com o seu tradicional chá. Até o século XVIII, as receitas ainda eram publicadas nos livros de culinária como pequenos bolos, apesar de já serem muito populares na Europa há, pelo menos, quatro séculos.

Antes da história europeia, há indícios apontando para a origem dos biscoitos na Pérsia, já no século VII. A região foi pioneira no cultivo de açúcar e espalhou o consumo dos cookies para o Velho Continente a partir da conquista muçulmana da Espanha.

Já na América, os cookies chegaram com as colonizações britânicas e alemãs. Como o preço do açúcar era muito caro por aqui, eram poucos os que faziam os doces para consumir, mas nos Estados Unidos, virou mania. Os americanos realmente adoram o fato de serem práticas e consomem mais de dois bilhões delas por ano, o que representa quase 300 cookies para cada cidadão, considerando que apenas 5% deles declararam não consumir biscoitos em casa.

Dois estados americanos, Massachusetts e Pennsylvania, escolheram, ainda, a receita intitulada de ''Toll House'', como a oficial do estado.

A relevância disso eu não sei. Pode ser uma forma de homenagear a criadora do sucesso, Ruth Wakefield, proprietária de um chalé na estrada entre Boston e New Bedford, chamado Toll House Inc, uma espécie de pousada, onde ela servia comida caseira para os hóspedes. A fama foi crescendo e, um dia, Ruth recebeu uma barra de chocolate meio amargo Nestlé e adicionou à massa de seus cookies, esperando que fossem derreter. Após assada a massa, o chocolate manteve seu formato, mas ganhou uma textura cremosa e delicada, fazendo sucesso e ganhando uma página do jornal de Boston. As vendas do chocolate Nestlé decolaram nos EUA e a empresa se aproximou de Ruth, criando a receita oficial e criando um novo produto: as gotinhas de chocolate meio amargo, em 1939.

Hoje, encontramos diversos sabores, formatos e sabores de cookies por aí, mas é raro achar um que realmente te faça viajar pelo sabor e pela crocância. Até que você acha!

A KUKI, uma marca de cookies artesanais de Balneário Camboriú está conquistando cada vez mais os paladares de quem aprecia um cookie bem feito. Feitos de forma artesanal, com o capricho e cuidado de quem ama a vida, e ama o que faz! O nome ''Kuki'', é escrito assim em havaiano e todo o conceito da marca é baseado nesta cultura com toda filosofia e modo de vida.

A marca foi criada pela chef de cozinha a bacharel em gastronomia pela UNIVALI, Chris Aleixo, que é apaixonada pela comida baseada em memórias, aquela que desperta sentimentos e resgata as boas lembranças vividas. Descendente de italianos, Chris tem gratidão por tudo que aprendeu através da ''nonna'', que despertou esta paixão pela cozinha.

Siga a KUKI nas redes sociais e prove os produtos que com certeza irão te fazer lembrar de algo marcante em sua vida:

www.instagram.com/kukicookiesoficial/

Conheça os produtos e faça a sua encomenda pelo Whats App: (47) 9618 6998.

por André Huscher
por Manoella Deschamps
por André Duba
por André Huscher
por Dani Rebelo
por Dani Rebelo
por André Duba
por Heydi Costa
por André Huscher
por Manoella Deschamps
por Manoella Deschamps
por André Huscher
por Dani Rebelo
por Manoella Deschamps
por Dani Rebelo
ARQUIVOS 2021

JULHO
JUNHO
MAIO
ABRIL
MARçO
FEVEREIRO
JANEIRO


ARQUIVOS 2020

DEZEMBRO
OUTUBRO
AGOSTO
JULHO
JUNHO
MARçO
FEVEREIRO
JANEIRO


night e cia - Todos os direitos reservados. Copyright 2003-2021



Rua Anita Garibaldi, 425, Itajaí - SC - Brasil - CEP: 88303 020
Info.: 47 3344-8600
E-mail: direcao@nightecia.com.br
Oi,
me dá seu e-mail?